"A principal meta da educação é criar homens que sejam capazes de fazer coisas novas, não simplesmente repetir o que outras gerações já fizeram. Homens que sejam criadores, inventores, descobridores. A segunda meta da educação é formar mentes que estejam em condições de criticar, verificar e não aceitar tudo que a elas se propõe." (Jean Piaget)

Google Translate
ArabicBlogger Tips And Tricks|Latest Tips For BloggersFree BacklinksBlogger Tips And Tricks Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

terça-feira, 27 de abril de 2010

PÉTALA AMARELA?

                            

Enquanto o Staphylococus spp ainda incomoda, embora o tratamento esteja sendo eficaz. Esqueço as mazelas e olho para cima e para baixo, principalmente quando estou nos jardins das escolas em que trabalho, e foi sem intenção de registro, que avistei, para meus olhos naquele instante a idéia de uma pétala amarela em uma flor vermelha. Quando cheguei perto detectei que era uma borboleta, tão delgada, que me confundiu. Porém não o suficiente para escapar ao registro, dessa vez sim com intenção de registrar o contraste das cores. Na terceira foto de cima para baixo, é possível observar a espirotromba sugando o néctar da flor.

quarta-feira, 21 de abril de 2010

STAPHYLOCOCUS SPP

Minha pele infectada





Estou postando um pouco com atraso desta vez, devido meu estado de saúde, pois como mostra a foto fui infectada por esta bactéria a Staphylococus spp. Como este blog trata de seres vivos e toda a Biologia, resolvi postar essa outra forma de vida. Como não possuo equipamento fotográfico para fazer fotografias de micróbios, recorri ao Google, onde consegui essas da bactéria além de muitas outras informações sobre os danos que causam a saúde.
O Staphylococus spp é uma das bactérias mais comuns na prática médica e costuma colonizar a pele de até 1/3 dos seres humanos. A colonização por si só não causa problemas, mas facilita a contaminação de feridas da pele e com isto, o desenvolvimento de infecções por Staphylococus spp. Pessoas saudáveis podem ter a bactéria na pele e não desenvolver nenhuma doença por conta disto.
O estafilococo junto com o estreptococo são as 2 classes de bactérias mais associadas a infecções na pele. A mais comum é o furúnculo e a celulite (em medicina celulite é a infecção do tecido subcutâneo semelhante a erisipela, e não a famosa pele em casca de laranja que tanto incomoda as mulheres). O infecção estafilocócica através de uma porta de entrada na pele, pode alcançar a corrente sanguínea e causar infecções graves como endocardite, osteomielite, pielonefrite e pneumonias, sendo uma causa importante de infecções graves e sepse.
A sepse ou sepsis é uma síndrome que acomete os pacientes com infecções severas. É caracterizada por um estado de inflamação que ocorre em todo o organismo, secundária a invasão da corrente sanguínea por agentes infecciosos (geralmente bactérias).

FONTES: http://www.mdsaude.com/2009/01/o-que-e-sepse-sepsis-e-choque-septico.html#ixzz0lktLjQvt
                  http://www.mdsaude.com/2009/02/estafilococos-aureus-mrsa.html


sábado, 10 de abril de 2010

XYLOCOPA VIOLACEA

Manhã de segunda-feira, pós "feriadão", voltar a rotina, é a dura realidade para quem teve cinco dias de muita diversão ao lado de pessoas amadas. Chego na EEEFM Padre Luiz Gonzaga, corro ao jardim para ver as plantas que junto aos alunos e alguns colegas de trabalho cultivamos, acompanhada de "Maria Benedita"  registramos o balé das abelhas que colhem o néctar das flores. 

Nome popular: Mamangava, Mamangaba, Abelha Carpinteira, Abelhão, Bombolini, Vespa-de-Rodeio, Vespão.
Nome Cientifico: Xylocopa violacea
Familia: Apidae
Ordem: Hymenoptera
Classe: Insecta
Esta abelha constrói buracos em troncos de arvores secas, as vezes em agaves e yuccas, podendo utilizar-se de buracos preexistentes. Estes buracos servem de moradia. É também nestes locais que botam seus ovos e alimenta-os com néctar e pólen.
São abelhas solitárias que tem grande importância na polinização de alguma plantas, como por exemplo o maracujá.
São bem territorialistas e os machos chegam a brigar com outros machos para defenderem seu território, pois é neste local que acasalam com as fêmeas.
Geralmente não picam, a não ser que segure-as na mão, além disso, podem ser observadas trabalhando durante um grande período de tempo, pois não atacam tão facilmente assim, sendo considerada até dóceis.
Possuem cores escuros, no entanto algumas podem ser amarelas, tem muitos pêlos no abdomêm e podem atingir até 3,5 cm.
FONTE: http://www3.fsa.br/LocalUser/proppex/sapex/PDF/TRABALHOS_ALUNOS_PDF/Rogerio%20Pitarelli/AP%C3%8ANDICE%20C.pdf
 

domingo, 4 de abril de 2010

YUCCA FILAMENTOSAS

Quando meus alunos da EEEFM Padre Luiz Gonzaga Elisandro, Frank e Alex chegaram com está planta pra mim, não dei muita importância embora tenha agradecido bastante o empenho dos três. Não via flores nela, o que mais me atraí em um vegetal, mesmo assim plantei e cuidei com todos os fertilizantes e adubos naturais que eram fornecidos por alunos e colegas de trabalho, passados alguns meses surge essa inflorescência linda para minha surpresa. Muita gente chama de casca de ovo, flores de ovo ou flores de casca de ovo. 
Segundo www.medicinaisplantas.com a "Yucca sp possui várias propriedades medicinais, dentre elas destacam-se seus poderes antiinflamatórios, anti-reumáticos e laxativos. Erva utilizada por pessoas que sofrem com problemas de artrite, reumatismo, gota, dentre outros. As folhas frescas (não secas) estão sendo objetos de pesquisas para comprovação da ação das mesmas contra tumores e pelo benefício ao corpo em filtrar nutrientes do corpo.
No caso de pancadas, a erva é utilizada em forma de cataplasma (aplicação da erva medicinal em forma de compressa diretamente sobre o local da lesão) realizado com a raiz em pancadas ajuda a aliviar a dor. A mistura da raiz da Iúca cortada com água é utilizada na fabricação de sabão e xampu (shampoo) biodegradável, excelentes para quem sofre de calvície (queda de cabelo) e caspa. As folhas da Iúca são também usadas em forma de fibra na confecção de cordas, tapetes e cestas."
Nome Científico: Yucca filamentosa 
Sinonímia: Yucca concava, Yucca recurvifolia, Yucca smalliana, Yucca flaccida 
Nome Popular: Iuca-mansa, Agulha-de-adão, Iuca
Família: Liliaceae (ou Agavaceae).
Altura: 0,8 m.
Diâmetro: 1,2 m.
Ambiente: Pleno Sol.
Clima: Subtropical, Tropical.
Origem: EUA.
Época de Floração: Verão.
Propagação: Mudas, Sementes.
Mes(es) da Propagação: o ano todo.
Persistência das folhas: Permanente.
Obs: Formam-se filamentos nas margens das folhas (daí o nome da espécie). A inflorescência pode chegar a 4m. Resiste a solos áridos.

COMPARTILHE

EDUCA TUBE

ONDE ESTÃO AS BALEIAS E OS GOLFINHOS?

Postagens populares

MEU CANAL

Loading...

LELA ORCA NAS REDES SOCIAIS

MAPA DOS SEGUIDORES DE LELA ORCA NO TWITTER

PAÍSES QUE ACESSAM DESDE 28/10/2011

free counters