"A principal meta da educação é criar homens que sejam capazes de fazer coisas novas, não simplesmente repetir o que outras gerações já fizeram. Homens que sejam criadores, inventores, descobridores. A segunda meta da educação é formar mentes que estejam em condições de criticar, verificar e não aceitar tudo que a elas se propõe." (Jean Piaget)

Google Translate
ArabicBlogger Tips And Tricks|Latest Tips For BloggersFree BacklinksBlogger Tips And Tricks Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

segunda-feira, 31 de maio de 2010

INVERNO


No momento em que eu quis sair.
A situação de quem tentava salvar seus bens.
De um lado da rua.
Do outro lado.
Meus vizinhos da frente.
A preocupação !
Solidariedade !
Ilhados!
Peço mil desculpas aos seguidores e leitores de meu blog que toda semana esperam encontrar um ser vivo bonitinho uma foto bem feita. Como minhas fotos são bem feitas (é o que dizem) e como o blog também se propõem falar sobre o meio ambiente, resolvi postar o sufoco que passei esse domingo dia 30/05/2010. Minha casa é localizada no centro da cidade, com a chuva que caiu sobre minha Bragança durante 90 minutos, me deixou ilhada sem poder comparecer no meu curso de Licenciatura em Computação- UFRA. Pois quando eu quis sair de casa eu não enxergava a calçada de casa como mostram as fotos, foi nessa hora que a inseparável Maria Benedita (minha câmera), registrou o drama dos moradores deste bairro. 
Pensando na culpa, aponto a culpa a todos. Do poder público, dos moradores e de nós educadores. Do poder público dispensa comentários, dos moradores por não destinar o lixo de forma correta e não reduzirmos a produção e nossa educadores por "ainda" não ensinarmos nossos pupilos essa redução. Não estarmos aptos a essa sensibilização, para criarmos uma nova consciência. Enfim, lamento que meu post desta semana seja este.

sábado, 29 de maio de 2010

MAIS UM! EBAAAAAAAAAAA !



Ganhei este selinho da amiga Valéria, do blog http://docefilosofia.blogspot.com
Muito obrigada pela indicação !
Regras:
Dizer o que nos deixa triste e o que nos faz feliz.
O que me deixa triste é a fome e a desigualdade que há no mundo.
O que me deixa feliz são as conquistas profissionais de meus alunos.
Nomear dez mulheres fabulosas:
Realmente não é uma tarefa muito fácil, pois minhas escolhidas são todas muito  especiais, mas, vamos lá:














segunda-feira, 24 de maio de 2010

PACHISTOPELMA SP






Soou a campainha para o recreio na EEEFM Padre Luiz Gonzaga, meus alunos retiram-se da sala de aula, neste instante bem a minha frente no caderno de uma aluna, vejo algo a se movimentar. Chego perto e detecto logo que se tratava de uma aranha, com Maria Benedita (minha câmera) em mãos registro ela em vários ângulos, infelizmente não consegui capturar o salto dela do caderno ao chão. Com auxílio de gravetos do jardim da escola e papel consegui levá-la ao jardim evitando assim contato dos alunos e possíveis acidentes.
Com a ajuda do biólogo João Pedro Alves, consegui a identificação deste animal. Essas aranhas dificilmente picam, o que acontece geralmente é um processo alérgico se entrarmos em contato com os pêlos do animal, que se desprendem quando o animal sente-se ameaçado. Vivem durante todo o ciclo de vida em bromélias, sobretudo as dos gêneros Aechmea e Hohenbergia, em visitas de campo realizadas por Dias e Brescovit (2003). Nosso jardim fica próximo da sala de aula, por isso ela foi me fazer uma visita de surpresa.

domingo, 16 de maio de 2010

BORBOLETA CORUJA

Mexendo em meus arquivos encontrei essa foto da minha visita ao Mangal das Garças em Belém do Pará, onde visitei o borboletário, e embora a grande chuva que se deu durante minha visita ao local, não me impediu de fazer belos registros da fauna e flora. Acompanhada de meu primo Felipe fizemos algumas fotos em baixo de chuva, a câmera na época era Maria Olympia, confesso que após esse dia ela foi parar na assistência técnica, foi assim que descobrimos que ela não era a prova d'água (risos).


Essa espécie é típica da América do Sul, a maior do Brasil, podendo medir até 17 cm de envergadura, as fases de ovo, lagarta e pupa duram cerca de 3 meses e meio. O tempo de vida da borboleta adulta pode chegar a 4 meses. O nome da espécie é Caligo eurilochus brasiliensis, com hábitos crepusculares alimentam-se de frutas e folhas.



segunda-feira, 10 de maio de 2010

GAFANHOTO

Essa postagem quem ajudou a construí-la foi meu aluno Marcos Yan da 7ª série do turno da manhã da EEEFM Rio Caeté. Em uma bela terça-feira ele chega ao meu lado dizendo que tinha um presente para meu blog, confesso que não cheguei a pensar em nada no momento, quando ele rapidamente desembrulha do papel o gafanhoto da foto. No mesmo instante Maria Benedita entra em ação fotografando o animal em todos os ângulos.
Após a euforia das fotos, me reservei a pensar sobre o alcance e a importância que este blog tem para meus alunos, e o quanto estão dispostos a mantê-lo atualizado. É como se soubessem que cada postagem minha é na intenção de contribuir para seu aprendizado e não somente pelo fato de expor mais uma foto. Ao postar essas fotos lembrei-me de outras que fiz dias antes desse fato ocorrer, que são as fotos abaixo, também feitas na EEEFM Rio Caeté.

Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Classe: Insecta
Subclasse: Pterygota
Divisão: Neoptera
Ordem: Orthoptera
Subordem: Caelifera
- Os gafanhotos são insetos que podem ser encontrados em diversas partes do mundo: América, Europa, Ásia Ocidental e região norte da África
- Embora tenham hábitos solitários, costumam formar grupos em grandes quantidades (nuvens de gafanhotos) para atacar plantações
- Alimentam-se de folhas de diversos tipos de árvores ou plantas.
- Possuem um par de pequenas antenas
- Emitem um som ao esfregarem as pernas traseiras
- As pernas traseiras são grandes e fortes, possibilitando a estes insetos saltos a grande distância.
- O acasalmento dos gafanhotos ocorrem durante o verão
- A fêma do gafanhoto costuma botar de 50 a 100 ovos de uma única vez. As larvas costumam nascer na época do inverno
- Cor: marrom claro e verde
- Comprimento: 3 a 5 cm (macho) e 6 a 8 cm (fêmea)
- Peso: de 10 a 30 gramas

segunda-feira, 3 de maio de 2010

IUPIIIIII ! MAIS UM RECONHECIMENTO


Com o Prêmio Dardos se reconhece os valores que cada blogueiro mostra cada dia no seu empenho por transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais etc., que, em suma, demonstram sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre suas letras, entre suas palavras.
Eu me sinto muitíssimo honrada por este prêmio, oferecido com tanto carinho, pela amiga Valéria, do Blog http://docefilosofia.blogspot.com/ o meu sincero agradecimento.
O Prêmio DARDOS tem três regras.
Aqui vão as regras:
- Exibir a imagem do selo no blog.
- Exibir o link do blog que você recebeu a indicação.
- Escolher 10, 15 ou 30 blogs para dar indicação, e avisá-los.
Ofereço com muito carinho e prazer, a alguns dos amigos, que aqui representam uma grande diversidade de estilos, porém , todos muito especiais.
E a quem dedico o selo :
Com tudo isso só tenho a dizer muito obrigada meu Deus, por todo esse reconhecimento.

domingo, 2 de maio de 2010

ÍRIS AMARELA


Linda e reinando absoluta no jardim da EEEFM Rio Caeté confesso que é meu "xodó". Todas as terças-feiras que chego nesta instituição para ministrar minhas aulas, a primeira coisa que faço é procurar por essa planta no jardim, linda com seu amarelo e marrom destaca-se, no vasto gramado da escola.

  • Nome Científico: Iris pseudacorus
  • Sinonímia: Iris lutea, Iris acoriformis, Iris bastardii, Iris paludosa
  • Nome Popular: Íris-amarelo, Bandeira-amarela, Flor-de-lis-amarela
  • Família: Iridaceae
  • Divisão: Angiospermae
  • Origem: Europa, Ásia e África
  • Ciclo de Vida: Perene

COMPARTILHE

EDUCA TUBE

ONDE ESTÃO AS BALEIAS E OS GOLFINHOS?

Postagens populares

MEU CANAL

Loading...

LELA ORCA NAS REDES SOCIAIS

MAPA DOS SEGUIDORES DE LELA ORCA NO TWITTER

PAÍSES QUE ACESSAM DESDE 28/10/2011

free counters