"A principal meta da educação é criar homens que sejam capazes de fazer coisas novas, não simplesmente repetir o que outras gerações já fizeram. Homens que sejam criadores, inventores, descobridores. A segunda meta da educação é formar mentes que estejam em condições de criticar, verificar e não aceitar tudo que a elas se propõe." (Jean Piaget)

Google Translate
ArabicBlogger Tips And Tricks|Latest Tips For BloggersFree BacklinksBlogger Tips And Tricks Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

domingo, 2 de outubro de 2011

O AQUÁRIO

 Jamison, Yure e João Victor.
O camarão.
A observação.


 Olhos curiosos.
Acará
Tudo parecia ser um dia normal na EEEFM Drº Francisco de Paula Pinheiro quando para minha surpresa entram na sala da 6ª série, meus alunos da 8ª série chegam com um aquário, anunciando com muita satisfação o que havia dentro dele. Alguns camarões e um peixe amazônico conhecido como ACARÁ-AÇU. Em busca de mais informações me bombardearam de perguntas, que tento aqui responder, confesso que por este motivo não me importei em ter o fim da aula interrompido. Os CAMARÕES realizam a ecdise, que é a mudança do exoesqueleto dos artrópodes o que proporciona o crescimento. No processo reprodutivo as fêmeas são fertilizadas pelo macho após sofrerem a muda pré-nupcial. Em algumas horas os óvulos são liberados e fertilizados após passarem pelo espermatóforo e se fixam sob o abdomem até a eclosão. A fêmea produz cerca de 5.000 a 100.000 ovos que podem levar aproximadamente 20 dias para eclodir a 28ºC. As larvas eclodem e nadam livremente na água, onde passam por 11 estágios. As larvas o são por 30 a 40 dias, quando então metamorfoseiam para pós-larva. Os ACARÁ-AÇU são peixes onívoros, com forte tendência a carnívoros, consumindo pequenos peixes, insetos, crustáceos e frutos/sementes. Vivem principalmente em lagos de várzea e lagoas marginais. Não são migradores. Atingem a maturidade por volta de 10-12 meses e desovam mais de uma vez por ano, com cerca de 1.500-2.000 ovos por desova. Formam casais na época da reprodução e protegem a prole. Os adultos são muito apreciados como alimento e os alevinos como peixe ornamental.
                    Colégio Web

5 comentários:

  1. Amiga! vc me surpreende. Em iniciativas simples, uma explosão de conhecimentos. Parabéns Dani! Parabéns mesmo!

    ResponderExcluir
  2. parabéns pelo seu trabalho de incentivo ao gosto pela ciência.

    ResponderExcluir
  3. Sensacional, Daniela!

    Educar pela pesquisa e através de questionamento reconstrutivo, bela iniciativa dos alunos. Parabéns ao espaço que dá a eles se manifestarem em suas descobertas e curiosidades. Este é o verdadeiro ensino de ciências!

    Tiveram alguma ideia interessante depois das trocas de informações? Existe por aí algum viveiro? Na nossa Escola, os alunos do Médio Integrado têm aula com professor de "Engenharia de Pesca" e estágios, o projeto com os alunos de 6a. série daí dá para seguir em frente, hem?

    Parabéns a todos e em especial a Você!

    ResponderExcluir
  4. ola pima, se todos os educadores fosse como vc que aproveita as oportunidade dos alunos e fizessem o que vc faz,como seria bom.bjs em todos sua pima emilia

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho um aquario em casa,onde habitava um camarão,e passei por um susto certo dia pois só tinha visto este exoesqueleto,mas agora já sei.............valeu

    ResponderExcluir

COMPARTILHE

EDUCA TUBE

ONDE ESTÃO AS BALEIAS E OS GOLFINHOS?

Postagens populares

MEU CANAL

Loading...

LELA ORCA NAS REDES SOCIAIS

MAPA DOS SEGUIDORES DE LELA ORCA NO TWITTER

PAÍSES QUE ACESSAM DESDE 28/10/2011

free counters